sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

*Texto escrito inicialmente no facebook, no dia 10 de Janeiro de 2013

"Ah se tu soubesses
Como sou tão carinhoso
E o muito, muito que te quero..."

Quem me conhece, sabe que não sou NADA carinhosa. Odeio contato físico, é verdade.
E o meu maior medo, ao ser mãe, era não conseguir passar o tanto que eu amo o Francisco por justamente, esse problema meu.

Mal sabia eu, que meu problema seria resolvido por um serzinho com menos de um metro de altura.

De uns dias pra cá, Francisco descobriu como se abraçar as pessoas (eu). E a cada 5 minutos ele vem e se joga em cima de mim falando "abaço, abaço (=abraço)" e me aperta tanto, mas tanto que me faz mais feliz só de estar viva pra sentir isso.
Meu filho me curou, de todas as maneiras possíveis. E, eu acho que consigo passar pra ele o quanto o amo também.

P.S: Quase não consigo escrever isso porque, nesse exato momento, ele está amassando minha cabeça com mais um abraço de urso.




2 comentários:

- Anine Pinheiro - disse...

Os filhos vem pra nos fazer pessoas melhores, isso é fato!!!!

Beijos

Ivna Pinna disse...

Que lindo isso. Filhos curam até nossa alma!!!

Beijos